Divulgação Cósmica -- Ciências do SSP (Programa Espacial Secreto)

Temporada 2, Episódio 12


admin    17 Dez 2015
 cosmicdisclosure, sciences    3,761

cd_s2_ep13_ssp_sciences_cvr_0.jpg

DW: Este é mais um episódio da "Divulgação Cósmica." Sou o vosso anfitrião, David Wilcock. Estou aqui com Corey Goode, uma fonte que afirma ter trabalhado no Programa Espacial Secreto. Corey, bem-vindo ao programa.

CG: Obrigado.

DW: Tudo bem. Para mim,uma das coisas que foi mais fascinante no início, foi ter acesso a esse informador privilegiado, Daniel. Ele designou o seu projecto como Phoenix III. Afirma ter trabalhado no Laboratório Nacional de  Brookhaven, em Montauk Point, Long Island. A maioria das pessoas designam-no como  Projecto Montauk. E como disse, consistia no assento/cadeira de um UFO ligada a um conjunto muito poderoso de transformadores e a pessoa que operava essa cadeira, iria ampliar a sua capacidade psíquica e poderia manifestar coisas na sala ou criar um portal que levaria alguém através do espaço ou do tempo.

No decurso da longa conversa que tive com Daniel sobre este assunto, muitas vezes ele descreveu algumas anomalias pouco habituais que aconteceriam ao corpo humano quando era enviado através destes portais. Agora, vou começar a nossa discussão dizendo que, na visão convencional, se você tem a idade biológica de 30 anos e, em seguida, é enviado para o futuro, e portanto o seu corpo é remetido para o futuro, poderia pensar que o seu corpo teria 30 anos de idade naquela época em que foi para o futuro. É isso o que acontece, baseado no seu conhecimento? Ou será que há alguma outra coisa que acontece?

CG: No meu caso pessoal, estava envolvido no que eles denominavam como Programa 20 e Voltar. E  já foi explicado desde o início que eu serviria durante 20 anos e, em seguida, por mais estranho que pareça, teria uma regressão de idade e  seria trazido ao ponto original do momento em que parti e regressaria...

DW: Regressaria?

CG: -- Para a minha vida, a alguns minutos do momento em que parti.

DW: Mas há um problema, porque você envelheceu 20 anos, enquanto esteve lá fora no espaço.

CG: Certo. O que acontece é que, no final do período de 20 anos-- e no meu caso, era mais 21-- eles levam-no de volta para o Comando de Operação Lunar, onde terá de passar por um interrogatório intenso, assinar mais papéis, e, em seguida, irão levá-lo e colocá-lo numa mesa e, basicamente, vão anestesiá-lo e paralisar o seu corpo para não se poder mexer. Tem de estar completamente imóvel durante todo o processo. E colocam essas placas tão finas, quase como papelão. Você fica amarrado a este suporte de espuma e, em seguida, eles colocam essas placas finas de papelão que pareciam ter peso, pela maneira como eram manuseadas, à volta da forma do seu corpo.

E o processo levou cerca de duas semanas e neste período de tempo que, de alguma forma, tecnologicamente o seu corpo regrediu cerca de 20 anos para o momento em que você entrou. E durante este tempo, algumas pessoas tinham adquirido tatuagens, cicatrizes, lesões que iriam desaparecer. E você seria sujeito a uma regressão. As pessoas que tenham passado por esse processo, depois de terem regressado à sua vida anterior, ou a esta vida que conhecemos aqui, são submetidas a hipnose ou a regressão de memória, terão cicatrizes que aparecem no seu corpo durante o processo e que depois se vão embora, ou tatuagens ou esboços de tatuagens com cicatrizes vermelhas que aparecem durante um curto período de tempo e depois desaparecem. É uma espécie de memória celular que está a acontecer.

DW: Você não sabia disso quando se apresentou, mas há muitos anos, regredindo por volta do ano 2000, eu tinha lido um livro on-line muito estranho chamado "The Mars Records." Era sobre um fulano-- e nessa ocaião não havia outros dados para eu relacionar, mas não me pareceu que ele estivesse a mentir. Apenas intuitivamente, não me parecia que ele estivesse errado.

Descrevia algo perfeitamente semelhante ao que você está a falar agora, sobre o Programa Espacial Secreto. Só ficou com ligeiras recordações de estar em torno de Marte, tendo algum tipo de assassinato psíquico que ele poderia fazer, uma técnica de rescisão psíquica que envolvia telecinese na qual era muito bom. Ele iria impedir as sinapses das pessoas. Informou que no final do período de trabalho que cumpriu na década de 1970, passou por uma regressão de idade de 20 anos e que o trouxeram de volta para o tempo em que ele tinha partido. Trabalhou durante 20 anos e eles regrediram-no 20 anos. É exactamente o que você disse. Você está familiarizado com pessoas que receberam algum tipo de treino psíquico que poderia permitir-lhes impedir as sinapses das pessoas?

CG: Claro que sim. E há estações onde permanecem para aprimorar as suas capacidades. É um dos sistemas de armas psicológicas e os que são treinados em visão e influência remota -- como mencionei, é como um *ânodo e um cátodo. [* Cátodo é o eletrodo no qual há redução (ganho de elétrons). É o pólo positivo da pilha. Ânodo é o eletrodo no qual há oxidação (perda de elétrons). É o pólo negativo da pilha.] Um é feito de cobre. O outro é feito de aço inoxidável como um ou outro metal. Colocam as mãos sobre eles e, em seguida, concentram as suas mentes num alvo e são capazes de matar alvos de várias maneiras e também múltiplos alvos. E, assim como agora há pessoas que pilotam os drones e matam outras pessoas, muitas dessas pessoas são enganadas sobre os alvos que estão a atingir.

Mas sim, é uma tecnologia e um sistema de armas muito real, mas difícil de acreditar. E algumas dessas mesmas pessoas são treinadas para proteger e impedir as instalações de serem alvo de observação remota. Às pessoas que têm muito desse conhecimento, aos observadores remotos que tentaram ver remotamente instalações longínquas  e que não conseguiram fazê-lo, nós designamos como "aqueles que espalham". São treinados para dispersar os pensamentos dos que têm visão remota. E isso também é feito através de aprimoramento tecnológico. Mas isso ajusta-se com o que ele estava a fazer.

DW: Você um super soldado?

CG: Não.

[Risos abafados]

Não sou de maneira nenhuma um super soldado. Há pessoas que se enquadram nessa categoria. Trabalhei ao lado desse tipo de pessoas, mas estava num programa totalmente diferente, se bem que sob a mesma organização. Os MILABs estão todos incluídos no mesmo sistema de organização. Se você estiver no Milab,  tem de ser um super soldado. Quando as pessoas me associam aos super soldados, fico frustrado. Não é o que estava a fazer. Não foi isso que fiz.

DW: Havia um livro sobre um super soldado que li há muito tempo e não tinha idéia se realmente era credível ou não. Foi no início da década de 2000. O autor relatou algumas coisas muito estranhas. Uma das coisas que ele mencionava é que foi treinado, caso fosse necessário, para ser capaz de pousar sem pára-quedas a partir de uma queda de grande altura e afirmou que  as suas pernas poderiam agir como uma mola ao bater no chão, que ele poderia saltar e não ser destruído pelo impacto. Para mim, tal afirmação não me parecia credível.

CG: Os super soldados com quem trabalhei, vi-os fazer algumas coisas incríveis. Nunca vi eles… isso não me parece possível … Não sei.

DW: Bem, penso que não podemos preencher um episódio completo sobre o super soldado, mas gostaria de ouvir as coisas espantosas que eles podem fazer para além da capacidade humana normal. Vamos abordar um pouco desse assunto..

CG: Seriam absolutamente capazes de entrar na mente dos seus alvos. Poderiam trabalhar psiquicamente como um grupo, com a sua equipa. Foram capazes de mover-se não como na matriz, mas, de facto, os seus músculos foram melhorados para serem muito rápidos e letais. Mas isso não era sobre humano. Foram apenas melhorados.

DW: Uma das coisas que Pete Peterson me disse é que ele estava pessoalmente envolvido numa espécie de treino que percebi que se desenvolveu a partir do Oriente, onde as pessoas eram capazes esvaziar as suas mentes e poderiam realmente deixar o seu corpo funcionar instintivamente e agarrar uma bala disparada contra eles com uma luva, embora, na verdade tivessem de começar a mover o braço antes do gatilho ter sido disparado.

CG: Eu vi esse feito.

DW: Sério?

CG: Mm-hmm.

DW: Qual é o processo que funciona por trás de algo assim?

CG: Quando esvazia a sua mente, vai para a parte instintiva do seu cérebro da qual falamos anteriormente, e assim, se uma rocha está a vir em direcção à sua cabeça, eles mediram neurologicamente que o seu cérebro reage um décimo de segundo antes que ela bata em si. Essas pessoas foram treinadas para entrar em contacto e trabalhar as suas capacidades mentais de tal forma, que são realmente quase capazes de se desviar de balas e de se mover de uma maneira que é muito surpreendente. Mas o que acabou de descrever não está fora do alcance do que é possível para muitas desses rapazes-- e meninas. Há também muitas mulheres.

DW: Alguns super soldados designavam-se como ninjas e afirmavam que tinham algum tipo de formação de ninjutsu. É verdade?

CG: São treinados em várias artes marciais.

DW: Já ouviu falar de soldados ninja treinados para ter uma luta de espadas, enquanto os olhos eram vendados e não podiam ver de modo algum?

CG: Sim. Muito disso soa como o Jedi e o Luke Skywalker com o sabre de luz e com o pequeno robot a andar à volta e a atirar lasers para ele. Mas, sim, todo este tipo de treino está muito envolvido. Não passei por isso, mas ouvi-os descrever que passaram por coisas semelhantes.

DW: O facto de alguém ser designado como super soldado é por que existe algum aumento do seu corpo físico? Parte da sua constituição é titânio e o resto é cyborg?

CG: Não. Dão-lhes injecções. São aperfeiçoados. São treinados e melhorados mentalmente. Mas o super soldado é apenas uma parte da elite, da elite, da elite, da elite. Mais tarde, isso vai custar-lhes caro. Não têm uma longa duração de vida.

DW: Poderiam suster a respiração por períodos de tempo mais longos do que a maioria de nós?

CG: Mm-hmm..

DW: Poderiam mergulhar mais fundo na água do que a maioria, sem ter problemas?

CG: Podem aguentar ar mais rarefeito. Sim, todas essas coisas.

DW: Essas injecções são baseadas em algum tipo de tecnologia extraterrestre avançada, que poderia fortalecer o corpo de uma maneira que não é habitual?

 CG: É uma combinação. Algumas delas são unicamente substâncias químicas e algumas são a aplicação de nanotecnologia.

DW: Sério? Se a nanotecnologia está a ser usada  então significa que esses super soldados são vulneráveis à infecção AI (Artificial Intelligence = Inteligência Artigicial)??

CG: Sim, são vulneráveis.

DW: Então, voltando agora ao problema do tempo -- a coisa bizarra que o Daniel me disse foi que, nos primeiros dias do Projecto Montauk, descobriram que se você empurrasse alguém para o futuro que, digamos, normalmente teria 70 anos de idade naquele tempo do nosso futuro, e depois o fizesse viajar no tempo para esse ponto, o seu corpo físico, de repente, envelhecia muito rapidamente, aparentemente numa questão de dias ou até mesmo horas, para a idade de 70 anos. Você encontrou qualquer informação semelhante?

CG: Encontrei informação parecida e também muita sobre pessoas que estão a fazer viagens no tempo e a sofrer do que mencionei antes, de demência temporal e eles estão a chegar a uma maneira de contornar este problema. E conseguiram, com injeções que ajudaram -- Creio que foi algum tipo de terapia genética de telómeros que impediu ou atrasou que tal acontecesse.

DW: Bem, vamos voltar apenas por um momento,  para a progressão da idade.

CG: Regressão?

DW: Não, progressão/avanço. Alguém avança e normalmente teria 70 anos e, em seguida, de repente o corpo envelhece.

CG: OK.

DW: Tenho muitas informações específicas do Daniel que poderíamos aceder, sobre o que lhe foi dito sobre a razão disso acontecer. Tenho curiosidade de saber se  escutou alguma teoria ou se eles tinham a percepção do motivo dessa ocorrência. Existe uma justificação para que tal aconteça? Por que motivo o seu corpo não permaneceria o mesmo, se você fosse para o futuro? Se é você num dado momento e se entrar noutro período de tempo, por que é que o seu corpo não tem a mesma idade que tinha quando partiu?

CG: Creio que ainda é um grande mistério para muitas pessoas que não têm em consideração a consciência. Quando você sabe conscientemente, onde pertence e para onde foi levado, a sua consciência está ligada ao seu corpo. E ouvi falar do que você mencionou sobre a referência de tempo zero, mas não sei especificamente, muito sobre esse assunto.

DW: O que é que ouviu sobre a referência ao tempo zero? Estou apenas curioso.

CG: Que a sua fisiologia, o seu corpo e a sua consciência — o complexo do corpo, da mente e do espírito, penso que o chamaria assim -- todos os três têm de estar juntos em harmonia. E quando você começa a andar às voltas com as tecnologias temporais e pega no corpo e move-lo para a frente ou para trás, neste tempo ilusório, o complexo da mente, do corpo e do espírito fica fora de sintonia, fica distorcido.

DW: Bem, deixe-me partilhar consigo o que o Daniel me contou sobre a referência de tempo zero, porque parece ser uma área em que temos alguma sobreposição porque  você não ouviu tudo. Supostamente, no momento da concepção, que é o único ponto onde a alma e o corpo físico estão unidos no que ele chamou de um cone tempo em expansão.

Também disse -- e afirmou que esse ponto era realmente importante no seu programa de treino psíquico -- que, quando eles querem que você vá para o ponto tranquilo dentro de si,  querem que digite de volta para o momento em que a alma e o corpo habitam no mesmo plano Quântico, no mesmo local. Disse que, na verdade,  a idade do corpo físico não é tão baseada  biologicamente tanto quanto é baseada na largura do cone.

Então, é concebido e como envelhece naturalmente, é como se a sua idade da alma vai a subir esse caminho e sua idade biológica está a descer esse mesmo caminho, e que a condição de seu corpo físico é função da distância entre esses dois pontos. Então, se você se mover para um outro ponto mais adiantado no tempo, parece que a natureza tem um mecanismo de auto-correcção para que não possa criar um paradoxo, tornando-se capaz de viver mais tempo do que aconteceria naturalmente na sua própria vida natural. Então, é como um mecanismo de correcção do erro integrado na natureza do universo, porque estes portais existem

CG: Parece uma maneira muito mais complexa de explicar o que eu estava a dizer sobre o facto da ligação da mente, do corpo e do espírito terem de estar em sintonia.

DW: Ele também disse que havia certos meios tecnológicos que foram desenvolvidos com a ajuda dos Extraterrestres para mudar a ZTR (Zona de Reacção Traumática) para que as pessoas pudessem ser levadas para outro lugar e não estarem sujeitas a esse envelhecimento ou rejuvenescimento súbito. Você já ouviu falar em ser possível ser transportado para o futuro, para além do tempo em que você normalmente teria morrido, e ainda estar OK?

CG: Sim, ouvi dizer que eles encontraram maneiras de contornar esse assunto. Mas tenho a certeza de que não tem nada a ver com a  engenharia humana e que eles encontraram a maneira de fazê-lo. Trabalhamos lado a lado com tantos extraterrestres diferentes que não é um produto da imaginação perceber que os extraterrestres devem ter dado uma mão para nos ajudar a engendrar a maneira que eles encontraram para solucionar esse problema.

DW: Você disse que foram colocados amortecedores nessas naves que tinham a capacidade de saltar no tempo.

CG: Tecnologia todo-temporal.

DW: Houve casos antes disto acontecer, em que as pessoas estivessem a viajar de volta ao passado, para observar acontecimentos históricos da Terra, certos acontecimentos notáveis?

CG: Normalmente eram situações não intencionais, em que as pessoas estavam  a dar saltos longos para longe e a regressar e depois regressavam à Terra no momento errado. Tiveram de corrigir isso. Normalmente, quando as pessoas viajavam de volta ao passado para observar certos acontecimentos, que faziam parte de alguns dos programas temporais que foram finalmente encerrados.

DW: Daniel descreveu pessoas que desejavam regressar ao passado e ver se realmente Jesus tinha sido crucificado. Já ouviu algo semelhante, se as pessoas tentaram fazer isso ou observar/testemunhar outros acontecimentos históricos fortemente notáveis?

CG: Está a falar do Looking Glass (Espelho)?

DW: Bem, realmente foi um salto do Montauk. Foi realmente alguém que passou por um portal Montauk para ver a crucificação e só passar por lá.

CG: Não, não estou familiarizado com isso.

DW: E sobre o Looking Glass? Ouviu falar de pessoas que tentavam ver as coisas como a crucificação no Looking Glass?

CG: Sim. No Looking Glass, ouvi dizer que as pessoas estavam a tentar ver apenas, cada acontecimento  histórico que pudessem pensar, especialmente  muitos dos que requerem um pouco de fé, que são questionáveis se aconteceram ou não, para poderem confirmá-los .

DW: Agora todos estão na beira do seu assento, então quais foram os resultados? Ou será que variam de pessoa para pessoa, baseados nas suas crenças?

CG: Sim.

DW: A sério?

CG: Como disse, o tempo é muito baseado na consciência. Ao olhar para o futuro e para o passado, você vai ver muitas vezes uma linha de tempo no passado ou no futuro, que é baseada na consciência e no sistema de crenças do espectador. Não vi especificamente, relatórios sobre Jesus, mas havia outras coisas. Acredito que o assassinato de Lincoln foi mencionado.

Havia relatos diferentes do que estava a ver -- Não me lembro exactamente-- e alguns outros incidentes recuavam ainda mais no tempo. Eles foram finalmente descobrir que dependia de quem estava a ver o acontecimento passado e que a sua idéia preconcebida e de crença, tinha muito a ver com o que viram, especialmente quando se tratava de coisas que eram de natureza teológica.

DW: Será que alguém foi ao Looking Glass = espelho e presenciou o Valley Forge ou a assinatura da Declaração de Independência, ou coisas semelhantes?

CG: A Declaração de Independência. Sim, muitas dessas coisas estavam numa lista. Havia muitos assuntos numa lista que as pessoas tinham visto que você poderia ver e expandir. Realmente não os observei em profundidade.

DW: O programa "Doctor Who", mesmo que eu esqueça que estava em meados da década de 2000 e que tinha sido o programa de mais longa duração na história da televisão britânica, algo como 20 a 24 anos. Agora estão a fazê-lo de novo e parece que, realmente, estão a misturar o "Doctor Who" e o "Game of Thrones"  e estão a misturar as personagens., que, estão a viajar por aí numa cabine telefónica que funciona como um portal, que eles designam como o TARDIS. Daniel disse que há toneladas de material no "Doctor Who".

CG: Sim. Havia uma nave ET que, no interior, era maior do que no exterior.

DW: É exactamente o que vemos no TARDIS. Ele vai para essa pequena cabine telefónica, entra e é uma sala enorme.

CG: Sim.

DW: Pensa que quem está a fazer estes programas está a tentar preparar-nos para a Revelação Cósmica no futuro?

CG: Parte desses mesmos programas destina-se a plantar uma semente no nosso subconsciente para nos preparar para a Divulgação e parte é para desacreditar as pessoas (informadores) que começam a surgir. E uma coisa que queria mencionar -- é que há um grande número de pessoas que passaram pela regressão de idade e cumpriram o programa 20 e Voltar e que passaram pelo processo da lousa em branco. E como já mencionei, numa margem de 3 a 5% das pessoas, o processo da lousa em branco não funciona.

Mas para os que passaram por isso e que ele funcionou, há uma série de maneiras de contar. Normalmente, você parece mais jovem. Como se tivesse 45 anos de idade, e muita gente pensasse que tinha 35 ou 38 anos. Você permanece bem até uma certa idade e depois, de facto, envelhece rapidamente. Tem alguns problemas neurológicos que começam a desenvolver-se, geralmente entre a idade dos 30 aos 40 anos.

Você começa a ter a disfunção do túnel cárpico. Começa a ter problemas nervosos nas extremidades. A dificuldade em agarrar objectos é muito prevalente. Problemas de visão. Algumas pessoas começam a ter problemas estranhos, onde alguns dos seus órgãos internos começam a falhar um pouco. Mais tarde, começa a ter uma porção de problemas biológicos, especialmente neurológicos, .

DW: O meu informador Jacob, do Programa Espacial, disse-me, não há muito tempo, que a tecnologia de saúde que eles têm agora no programa espacial é tão avançada que, mesmo se estiver paralisado do pescoço para baixo, eles podem regenerar as suas fibras nervosas, que irão crescer a partir da origem e espalhar-se através do seu corpo. Deparou-se com algo semelhante? É realmente verdade?

CG: Sim. E é muito frustrante para mim, especialmente quando vou visitar o LOC, quando sei que, provavelmente, três andares abaixo de mim há tecnologia que poderia corrigir alguns dos problemas que tenho. Mas essa tecnologia tem-me sido negada. Um pouco do que eles têm e que não posso alcançar e que enfatizei quando lhes pedi essa tecnologia para mim e, na verdade, para alguns membros da minha família que foram diagnosticados recentemente. Dizem-me: Você não trabalha para nós.

DW: Jacob também referiu que existem cubas de braços e pernas sobresselentes e outros membros que haviam crescido para preencher os membros em falta, e se tiver o seu braço arrancado em serviço ou algo parecido, eles podem enxertar um novo, que se irá encaixar no seu padrão de ADN e esse enxerto tornar-se-á no seu próprio braço. Tem conhecimento disso?

CG: Tenho pessoas conhecidas que tiveram membros arrancados e perderam membros e tiveram algo semelhante a um molde de gelatina que cresceu holograficamente sobre o seu corpo. Normalmente o que via e o que estava a ser usado no LOC, e também no que penso que poderia designar-se como naves-hospitais, era um campo holográfico em torno de gelatina que regenerava os  nervos e reconstruia o membro que era necessário.

DW: Por que é que pensa que eles não estão a divulgar esta tecnologia para a Humanidade que seria tão benéfica?

CG: Pela mesma razão por que estão a destruir os nossos alimentos.

DW: Eles querem menos população e não mais.

CG: Sim, querem diminuir a população e não aumentá-la.

DW: Tenho a certeza que, com o passar do tempo -- e digo isto afectuosamente -- que haverá cada vez mais pessoas a afirmar que estão a canalizar e que vão dizer que estão a canalizar a Aliança, ou os seres que estão  a  trabalhar com a Aliança, quer sejam os Blue Avian ou os Seres Esfera ou os Seres de Cabeça Triangular Dourada ou quem quer que seja.  

CG: Ou os dois que não têm aparecido. Isso já está a acontecer.

DW: OK. Nem todos, mas existem algumas pessoas, que são ufólogos e que parecem estar a usar óculos cor-de-rosa e que estão a considerar que tudo é excelente. Tudo é tão bonito. Oh, é a Aliança, OK.

Embora seja a vossa experiência -- precisamos de divulgá-lo a público, porque os Seres Esfera parecem estar a chegar de um nível muito mais elevado. Eles não eliminaram a Aliança, não é verdade? Primeiro, eles não queriam mesmo falar com eles, a não ser através de si, foi o que você nos disse.

CG: E Gonzales.

DW: Certo. Então, qual foi a razão pela qual estes Seres Esfera não queriam falar directamente com a Aliança, se essas pessoas da Aliança são os heróis que vão salvar a Terra?

CG: Estas pessoas ao princípio trabalharam para o que penso que muitos designam como a Cabala. Trabalharam directamente para o governo secreto da Terra e para os seus sindicatos.

DW: Algumas pessoas diriam ser os Illuminati.

CG: Sim, Illuminati.

DW: É uma palavra muito assustadora.

CG: De maneira alguma essas pessoas não foram, nem são, anjos ou seres angelicais. Sim, viraram uma nova página. Têm sido demasiado oprimidos. Viram  opressão suficiente e decidiram derrubar os seus antigos mestres e querem trazer uma nova era para a Humanidade. Mas essas pessoas estão ainda perturbadas e muitas delas-- a Aliança também não é apenas um grupo. Há um grupo de pessoas que desertou de vários programas espaciais que formavam o Programa Espacial Secreto.

E muitas delas vêm de grupos ruins e ainda piores, muito piores. E as suas tácticas, agora as suas próprias agendas, não são completamente direccionadas para o serviço aos outros. Ainda preferem o auto benefício. E os Seres da Aliança da Esfera.e outros  ETs e esta aliança do Programa Espacial Secreto (SSP), disseram que esses grupos, mesmo os que estão a trabalhar para o bem comum, ainda almejam por uma determinada percentagem de serviço a si mesmos e eles não queriam lidar com eles directamente.

DW: Você disse que as pessoas da facção militar do programa espacial foram informadas de que o material que está no céu é nosso.

CG: Certo.

DW: E que lhes disseram sobre os extraterrestres?

CG: Alguns foram informados de que o acidente de Roswell aconteceu de facto. Foi-lhes dito que existem quatro grupos de ET que nos visitam. Alguns acreditam que há, penso eu, 56 ou 58 grupos de ET que nos visitam. Só depende do programa em que estão inseridos.

DW: Na verdade, tenho contacto com o informador de topo, Hoagland; com o informador de alta escala, Richard Hoagland. Ele entrou em contacto comigo, penso, em 2008 ou algo parecido, quando dei uma conferência em Joshua Tree. Afirma a pés juntos que os únicos ETs são a Raça Antiga dos Construtores e que todo o material que está lá em cima no céu é nosso. E foi engraçado porque você disse-me exactamente a mesma coisa, sobre alguns da facção militar.

CG: Algumas das facções militares inferiores, especialmente os grupos de comandos do espaço como na Força Aérea, acreditam que tudo o que está no espaço é feito pelo homem. Acreditam que foram escolhidos ao mais alto nível, e se você lhes falar de outra maneira, eles estarão preparados para lutar consigo. Acreditam fervorosamente que eles estão no topo, que têm informação da mais alta qualidade, e que têm necessidade de conhecê-la, e não há nada acima deles que não conheçam.

DW: O que é o NRO aqui na Terra?

CG: O NRO é basicamente o equivalente ao comando da Força Aérea do espaço.

DW: Então, a NRO, Departamento de Reconhecimento Nacional, é uma organização naval de serviços secretos aqui na Terra? 

CG: Certo. Estão ligados à engenharia geoespacial, seguindo a pista de materiais perto da órbita terrestre, e têm programas espaciais de nível inferior que fazem voar o que pensam ser o topo dos veículos espaciais. E há estações espaciais que estão na órbita superior perto da Terra, que são um pouco mais avançadas do que a ISS (Estação Espacial Internacional) que eles mantêm em voo para trás e para a frente, e que acreditam que está tão alta quanto lhe é possível.

DW: Alguns informadores parecem pensar que o NRO é onde a responsabilidade pára, que é a maior organização da comunidade dos serviços secretos quando você está a lidar com questões espaciais. Não parece que você pense que é verdade.

CG: Não. Há indivíduos selecionados na NRO que têm um conhecimento mais amplo.

DW: Se víssemos uma dessas plataformas espaciais que estão na órbita da Terra, que o NRO possui, e estivesse visível ou sem máscara, a sua aparência seria futurista e bizarra para nós?

CG: Sim, se eles fizessem algum tipo de divulgação e dissessem: este é o nosso programa espacial secreto, como uma maneira de enganar-nos e mostrassem essas naves, esses aviões e essas estações espaciais. Gostaríamos de pensar que eles estão bastante avançados. Mas, provavelmente, estão só 50 anos mais avançados do que a Estação Espacial Internacional.

DW: Tenho a certeza que você tem conhecimento de uma história que apareceu no radar das pessoas que estão atentas a este assunto-- a maioria das pessoas provavelmente ignora-a – sobre o facto do NRO ter doado três telescópios para NASA que estavam significativamente mais avançados do que o telescópio espacial Hubble. E disseram: ‘Para nós, estes  são obsoletos. Não precisamos deles.

CG: Mm-hmm.

DW: Pensa que eles estavam a tentar enviar uma mensagem para as pessoas, quando fizeram isso? E em caso afirmativo, que tipo de mensagem pode ser que tenha sido enviada?

CG: Não sei se pretendiam enviar uma mensagem, mas certamente fizeram-no. E quando NASA os colocou na reserva e disse: Não temos dinheiro para iniciar um projecto pessoal para tentar utilizar estes satélites novos -- quero dizer, vamos lá. Por que é que não tiram as pessoas do Hubble e as colocam em algo que é 10 vezes mais poderoso do que o Hubble? Simplesmente não faz sentido.

DW: A pergunta seria, se eles têm telescópios 10 vezes mais poderosos do que o Hubble, estarão a observar as estrelas? Estarão apenas a contar as estrelas e as galáxias?

CG: Por que é que os militares querem contar estrelas?

DW: Isto implicaria que há algo lá fora em que estão muito interessados em observar.

CG: Mm-hmm. E a certa altura, as pessoas estavam a fazer perguntas-- as armas da SBI que estavam a ser colocadas no espaço exterior-- eles estavam a perguntar por que é que 2/3 dessas armas que não existem,  estavam a ser apontadas para o exterior em vez de estarem direccionadas para dentro, em direção à Terra.

DW: Eis outra coisa que Jacob me disse e que eu jamais tinha partilhado publicamente. Realmente vai parecer escandaloso e aceito-o. Ele disse que estava ciente do programa espacial que tem, penso que você poderia chamá-lo de tecnologia do telescópio, que era tão poderosa que pode realmente detectar edifícios e outras características na superfície de planetas distantes da Terra. Alguma vez encontrou qualquer coisa assim?

CG: Não havia imagens de telescópico óptico, mas eles tinham sistemas de imagens que eram capazes de fazer esse tipo de reconhecimento.

DW: Então, de facto, podemos olhar à volta e ver o que está a acontecer lá fora.

CG: Certo.

DW: Vamos voltar à Grécia antiga durante um segundo, e vamos falar sobre algumas das sociedades secretas que existiam lá -- e  li isto na "Nova Ordem Mondial”-- O Plano Antigo  das Sociedades Secretas", de William T. Assim, ele diz que nessas ordens secretas teriam todos os associados a sair numa determinada noite, e todos iriam com um cinzel retirar os orgãos genitais dessas estátuas dos deuses gregos. Quando acordavam de manhã, ficavam horrorizados que tal tivesse sido feito. A sociedade secreta diria que, se algum deles informasse as autoridades, iriam deitar-lhe as culpas.  E é designado como criminalidade comum. Estará a criminalidade comum a ser utilizada no programa espacial? Estaremos todos contaminados, até certo ponto, com coisas que eles tiveram de fazer?

CG: De qualquer sindicato, de um grupo, de um inquilino. Sim, levá-los a fazer coisas incríveis que se entrelaçam tão profundamente que se você falar, irá incriminar-se.

DW: Será uma das formas que os sindicatos do governo secreto da Terra pensaram que poderia garantir que jamais iriam descobrir o programa espacial porque ninguém estava isento desse mesmo programa? Eles estão todos conspurcados. Todos têm coisas horríveis que foram forçados a fazer.

CG: Efectivamente. Como disse, cada pessoa que está ciente do segredo do Programa Espacial Secreto tem feito coisas horríveis que talvez, até certo ponto, eles estão agora a tentar compensar.

DW: Bem, escutaram bem até aqui. É o tempo de gravação que temos disponível para este episódio. Há muito mais a chegar na próxima vez em "Divulgação Cósmica," porque precisam conhecê-lo. Sou o vosso anfitrião, David Wilcock. Estamos aqui com Corey Goode e obrigado por terem assistido.


Política de Uso: Por favor, faça a postagem de 1/3 deste artigo e insira um link a esta página para aceder ao restante texto do artigo. As outras partes podem ser citadas. Agradeciamos que todos os que tornam a postar esta informação, sigam estas normas.

Loading...